Seja bem vindo!

Ecos da Inquisição

A peça aborda três épocas da inquisição. Na primeira, século XVI, o visitador à colônia de Pernambuco se vê horrorizado com as variedades de desvios sexuais. Na segunda, século XVII, estamos em Lisboa onde o Padre Antônio Vieira, perseguido pelo Santo Ofício é interrogado, confinado por dois anos e libertado porém proibido de escrever ou falar sobre assuntos que constranjam a Igreja. Na terceira, século XVIII, encontramos o dramaturgo Antônio José da Silva, Judeu, que é queimado pela inquisição.

A história é contada pelo notário, confuso e perplexo, mas que traz certo alívio a texto tão sério e termina com uma premonição de um futuro melhor para Portugal, "se agirmos com sabedoria" como ensinava Vieira.

A peça está em cartaz no CCJF: Avenida Rio Branco 241, Cinelândia, RJ. De sexta a domingo às 19h. Desde 4 de Dezembro até 07 de Fevereiro de 2010.

O espetáculo tem o patrocínio da Eletrobrás e a direção do premiado Moacir Chaves. 

Leia mais...

Ecos da Inquisição

A Inquisição em três momentos cruciais.

Leia mais...

Senhora de engenho: entre a Cruz e a Torá

A peça conta a história de Branca Dias, senhora do engenho de Camaragibe.

Leia mais...

Bento Teixeira, o bardo de Olinda

A peça narra a história de Bento Teixeira.

Leia mais...

Miriam Halfim escreve contos e,
após estudar com João Bethencourt
e Renato José Pécora, dramaturgia.

Agenda

  • 04/12: Ecos da Inquisição

    A peça está em cartaz no CCJF: Avenida Rio Branco 241, Cinelândia, RJ. De sexta a domingo às 19h. Desde 4 de Dezembro até 07 de Fevereiro de 2010. O espetáculo tem o patrocínio da Eletrobrás e a direção do premiado Moacir Chaves. 

Livros publicados

Galeria de imagens